FILOSOFANDO O COTIDIANO

O autor define com mestria o significado da FILOSOFIA ESPÍRITA vigente no atual estágio evolutivo em que nos encontramos.
Acompanhe conosco esse processo de encontros e desafios, que definem o Ser em busca de si mesmo através de ações que convergem a favor da paz e da Harmonia.

Educar para o pensar espírita é educar o ser para dimensões conscienciais superiores. Esta educação para o Espírito implica em atualizar as próprias potencialidades, desenvolvendo e ampliando o seu horizonte intelecto-moral em contínua ligação com os Espíritos Superiores que conduzem os destinos humanos.(STS)

Base Estrutural do ©PROJETO ESTUDOS FILOSÓFICOS ESPÍRITAS (EFE, 2001): Consulte o rodapé deste Blog.

12 de novembro de 2012

A IMPORTÂNCIA DO ESTUDO, DA PESQUISA, DA REFLEXÃO ESPÍRITAS


Sem dúvida alguma estamos atravessando momentos marcantes em nossa evolução intelecto-moral; os conflitos humanos alcançam proporções antes nunca vistas, pois se espalham pelo planeta de provas, sem respeitar fronteiras, culturas, costumes, etnias...
Por volta da década de 1990, a BBC londrina fez um documentário sobre três grandes cidades: Nova Iorque, Londres, Rio de Janeiro; tratava-se de uma análise sob o ponto de vista social e cultural, e os prováveis conflitos que poderiam advir nessas metrópolis se medidas de contenção e prevenção e posteriores mecanismos educacionais não fossem tomados. As duas primeiras cidades conseguiram superar momentos difíceis - porém, o nosso Rio de Janeiro transformou-se em campo de batalha com a presença do Exército nas favelas. Permanecem os riscos advindos do tráfico de drogas, flagelo mundial, bem como a ausência de primazia para a educação e saúde, além de muitos outros problemas.
Bezerra de Menezes, quando presidente da Câmara dos Deputados do Rio, na segunda metade do século XIX, dizia que era urgente o encaminhamento dos escravos recém libertos e de outros grupos minoritários que se instalavam aos pés dos morros cariocas, "para que evitássemos grandes dramas no futuro."

A pensadora Hannah Arendt analisou o período entre as duas guerras mundiais, descrevendo a base popular que levou ao surgimento dos sistemas totalitários. Ao contrário daqueles dias, a segunda metade do século XX tornou-se um fragmento do realismo cru daqueles dias, porém, desprovido dos rituais que caracterizaram o grande império nacional-socialista e seus marionetes europeus e asiáticos.

Também no início da década de 1990, Hans Magnus Enzensberger, alemão,doutor em filosofia e literatura na Sorbonne em Paris, poeta, ensaísta, tradutor, escreveu um livro traduzido para o português, "Guerra Civil", a partir da coletânea de três ensaios. Neste livro, o prof. Enzensberger faz uma análise dos motivos e das causas que originaram as guerras da Antiguidade, até a ênfase nos século XIX e XX. São suas as palavras, destacadas do livro citado:
Ao contrário das guerras antigas e até das I e II Guerras Mundiais, "o ódio é suficiente para o surgimento dos conflitos nas grandes cidades. A agressão não é dirigida somente ao outro, mas também à vida desprezível que se leva. Segundo as palavras de Hannah Arendt, é como se para os criminosos, viver ou morrer, se tivessem nascido ou jamais tivessem vindo à luz, fosse a mesma coisa."
O livro é uma análise forte e vigorosa das razões que levam jovens adultos a se engajarem em projetos suicidas, sob a mais clara antropofagia materialista.

Urge que revelemos às crianças e aos jovens que eles são Espíritos reencarnantes; que a morte não existe, que eles reencarnaram para o cumprimento de compromissos com o passado e vinculados às realizações do presente que lhes trarão um futuro de Paz e felicidade interior.

Urge cercarmos as nossas crianças e jovens de Conhecimento, o Conhecimento Espírita, que, além de lhes revelar a sua natureza de Espíritos imortais, lhes confere responsabilidade sobre os próprios pensamentos, atos e atitudes, estimulando assim o exercício da ética cristã e espírita, da moral de Jesus de Nazaré.

Urge cercá-los de muito diálogo, do sentimento de segurança emocional que somente o Espiritismo bem conhecido e vivido no lar e na sociedade poderá lhes garantir. Mas acima de tudo, de amor, educação e direcionamento.

Foi pensando em todas essas questões, e estimulados pelos mais de 55.000 acessos em nossos sete (07) Blogs de estudos, que decidimos abrir um Portal que pudesse abranger o Conhecimento espírita de forma objetiva e suscinta, além de orientativa de meios de obtenção do vero Conhecimento Espírita tal como os Espíritos Superiores orientaram a Allan Kardec.

O Portal CENTRO DE ESTUDOS FILOSÓFICOS ESPÍRITAS conterá os programas estudados nos Grupos de Estudo e Pesquisa, bem como documentários, palestras, links de livros e instituições espíritas no Brasil e no exterior que seguem esses objetivos preconizados pelo Espírito da Verdade, e muito mais.

Já lançado em 03 de outubro de 2012, data em que se comemora o aniversário do Codificador bem como a data em que o abnegado médium Francisco Cândido Xavier foi eleito pelos brasileiros como "O maior brasileiro de todos os tempos”, estará on line em breve.
Aguarde !!

EFE Filosofia Espírita

EFE Filosofia Espírita
Centro Espírita Nosso Lar Casas André Luiz

EFE- Educação Mediúnica com base na Filosofia Espírita

EFE- Educação Mediúnica com base na Filosofia Espírita
Grupo Espírita Irmão Carmello

Carl Sagan - Biblioteca de Alexandria e o Conhecimento clássico

Carl Sagan - Biblioteca de Alexandria e Hipácia

ÁGORA - Trailler oficial