FILOSOFANDO O COTIDIANO

O autor define com mestria o significado da FILOSOFIA ESPÍRITA vigente no atual estágio evolutivo em que nos encontramos.
Acompanhe conosco esse processo de encontros e desafios, que definem o Ser em busca de si mesmo através de ações que convergem a favor da paz e da Harmonia.

Educar para o pensar espírita é educar o ser para dimensões conscienciais superiores. Esta educação para o Espírito implica em atualizar as próprias potencialidades, desenvolvendo e ampliando o seu horizonte intelecto-moral em contínua ligação com os Espíritos Superiores que conduzem os destinos humanos.(STS)

Base Estrutural do ©PROJETO ESTUDOS FILOSÓFICOS ESPÍRITAS (EFE, 2001): Consulte o rodapé deste Blog.

19 de julho de 2011

DESCRIMINALIZAR OU EDUCAR?



ARTIGO COM A TEMÁTICA ACIMA, INSPIRADO PELOS NOSSOS ALUNOS DO EFE/2011, FOI PUBLICADO NO JORNAL "O CLARIM", No.03, OUTUBRO DE 2011 - FAÇAMOS VOTOS QUE AS NOSSAS AUTORIDADES SE SENSIBILIZEM COM A TRAGÉDIA QUE ORA ENVOLVE OS NOSSOS JOVENS

Há pouco ouvimos - e assistimos - às novas tentativas de se evitar o uso das drogas. Sabemos que este é um problema dos mais complexos, cuja gênese jaz no Espírito ainda imberbe de evolução, e que se apóia na precariedade dos usos e costumes em moda. A liberação das drogas, portanto, muito longe de resolver o problema, agiganta-o de forma tal, que as suas consequências seriam imprevisíveis, tanto sob o ponto de vista sócio-cultural, quanto – e principalmente, espiritual.
Vejamos o que os nossos alunos do Curso de Filosofia Espírita/2011 do Projeto Estudos Filosóficos Espíritas deduziram dessa novidade. Destacamos alguns trabalhos da classe: a Vera Lucia concorda que o viciado é uma pessoa que precisa de assistência médica e terapêutica, e conclui que a responsabilidade maior cabe aos pais de crianças e de jovens que enveredam por esse caminho. Coloca que o Espiritismo é um fator de grande importância na prevenção dessa questão. Telma relata a sua experiência, quando jovem, de haver sido vítima de uma infeliz brincadeira de estudantes, episódio negativo de que nunca se esqueceu. Neide afirma: como adeptos da Filosofia Espírita, desde logo, podemos inferir que muito alem da solução simplista ou irresponsável de descriminalizar e posteriormente regularizar o uso da maconha ou quaisquer outras drogas; devemos reflexionar sobre o que leva a criatura humana, seja jovem ou adulta, a optar por esse mecanismo de autodestruição. Chris Flores cita a passagem do Evangelho de Mateus, V: 44-48: “Sede, pois, perfeitos, como Vosso Pai Celestial é perfeito”, e que deveria servir de modelo para que vivêssemos de acordo com os ensinamentos de Jesus, com responsabilidade e nunca buscando mecanismos de fuga. Floreci acrescenta a frase importante de Pitágoras, como mecanismo preventivo: "Educai as crianças e não será preciso punir os homens." A educação infantil, diz ela, é de suma importância para a formação de um adulto íntegro e comprometido com o seu próprio bem-estar e o da sociedade em que vive.
Daí concluirmos, que, muito mais do que ir em busca de alternativas paliativas e de menor eficácia, cumpre à sociedade atuar em conjunto com as autoridades, e com os profissionais da saúde, bem como especialistas no comportamento humano, no sentido de minimizar o consumo de drogas ilícitas até aboli-las, punir educando os infratores, assistir aos enfermos do vício.
Porém, acima de tudo, o Espiritismo é – e sempre será, na opinião de todos os alunos, a ferramenta para o esclarecimento, a vivência mais pura do Evangelho de Jesus com discernimento e enobrecimento para o Espírito.

EFE Filosofia Espírita

EFE Filosofia Espírita
Centro Espírita Nosso Lar Casas André Luiz

EFE- Educação Mediúnica com base na Filosofia Espírita

EFE- Educação Mediúnica com base na Filosofia Espírita
Grupo Espírita Irmão Carmello

Carl Sagan - Biblioteca de Alexandria e o Conhecimento clássico

Carl Sagan - Biblioteca de Alexandria e Hipácia

ÁGORA - Trailler oficial