FILOSOFANDO O COTIDIANO

O autor define com mestria o significado da FILOSOFIA ESPÍRITA vigente no atual estágio evolutivo em que nos encontramos.
Acompanhe conosco esse processo de encontros e desafios, que definem o Ser em busca de si mesmo através de ações que convergem a favor da paz e da Harmonia.

Educar para o pensar espírita é educar o ser para dimensões conscienciais superiores. Esta educação para o Espírito implica em atualizar as próprias potencialidades, desenvolvendo e ampliando o seu horizonte intelecto-moral em contínua ligação com os Espíritos Superiores que conduzem os destinos humanos.(STS)

Base Estrutural do ©PROJETO ESTUDOS FILOSÓFICOS ESPÍRITAS (EFE, 2001): Consulte o rodapé deste Blog.

5 de janeiro de 2012

Alvorecer da Regeneração



Referindo-nos ao conceito de Regeneração, dentre as inúmeras definições, escolhemos duas - a primeira, como restabelecimento de que estava destruído, a segunda, aquela que também sintoniza com o aspecto filosófico-espírita, que é o sentido figurado de reforma moral. Concernente à primeira definição, restabelecer o que estava destruído, referimo-nos aos valores intelectuais e conscienciais obstaculados por uma avalanche de novos conceitos e modos de vida com base nos movimentos existencialistas-niilistas, que se resumem na seguinte afirmação: vivamos hoje porque o amanhã inexiste. A Filosofia Espírita, contida em O Livro dos Espíritos faz ressurgir, como síntese, os reais valo-res acima citados, concedendo ao homem a responsabilidade por seus atos e revelando-lhe, com base na ciência, que a vida é imortal e que, como herdeiros do tempo, trazemos lastros do passado que precisam de revisão hoje para que, libertos, possamos traçar um futuro melhor. O segundo conceito, revisado pela abrangência do pensamento espírita, remete-nos ao trabalho de revisão de nossa atitude moral diante dos eventos que ocorrem em nosso cotidiano pessoal e que nos reclamam uma tomada de decisão, bem como dos eventos sociais, como membros que somos da comunidade de Espíritos encarnados. O atual momento, tal como nos define Allan Kardec em A Gênese é o da luta das ideias: “O Espiritismo não cria a renovação social: a maturidade da humanidade é que fará dessa renovação uma necessidade”.
O que estamos vendo no mundo, hoje, é exatamente este processo, a que convencionamos rotular de “transição”; porém, muito mais do que convenções, o Ser humano reclama pelo Ser Divino, latente, e, por força de estímulos externos contundentes está a projetar-se à Vida plena tal como os Espíritos previram a Kardec. Sem dúvida que as tragédias, os cataclismos, as crises sócio-economicas e as comoções sociais não surgem do nada. Todos surgem no momento certo para uma revisão de valores, para a regeneração de nossos Espíritos.
(Publicado em The Journal of Psychological Studies, No.20, January-February 2012)

EFE Filosofia Espírita

EFE Filosofia Espírita
Centro Espírita Nosso Lar Casas André Luiz

EFE- Educação Mediúnica com base na Filosofia Espírita

EFE- Educação Mediúnica com base na Filosofia Espírita
Grupo Espírita Irmão Carmello

Carl Sagan - Biblioteca de Alexandria e o Conhecimento clássico

Carl Sagan - Biblioteca de Alexandria e Hipácia

ÁGORA - Trailler oficial